*** Sanctus...Sanctus...Sanctus *** E é importante apoiar-se numa comunidade ,mesmo que seja virtual,porque entre aqueles e aquelas que a compõem,encontram-se os que estão nos tempos em que o dia vai ganhando, pouco a pouco, à noite. Irm.Silencio

terça-feira, 8 de setembro de 2009

Nada sabemos...



Como Fernando entende bem o que apenas Jesus podia conhecer:

    Como é por dentro outra pessoa
    Quem é que o saberá sonhar?
    A alma de outrem é outro universo
    Com que não há comunicação possível,
    Com que não há verdadeiro entendimento.

    Nada sabemos da alma
    Senão da nossa;
    As dos outros são olhares,
    São gestos, são palavras,
    Com a suposição de qualquer semelhança
    No fundo.

    Fernando Pessoa, 1934

3 comentários:

Maria - Portugal disse...

os arcanos insondáveis da alma humana...

Fora-da-lei disse...

Cada alma é um universo onde existe um "buraco negro" cuja dimensão algumas das vezes é invadida por um raio do Amor Divino,esse que dá alento em tantas e inúmeras tribulações nesta peregrinação da vida.
Recê-L'O todo ninguém suportaria...

maria disse...

sim...a sarça ardente inconsumível,mas que consome...