*** Sanctus...Sanctus...Sanctus *** E é importante apoiar-se numa comunidade ,mesmo que seja virtual,porque entre aqueles e aquelas que a compõem,encontram-se os que estão nos tempos em que o dia vai ganhando, pouco a pouco, à noite. Irm.Silencio

quarta-feira, 7 de maio de 2008

Procura-se urgentemente, quem saiba OLHAR e ESCUTAR…!

Nos dias que correm, cada vez mais se torna difícil encontrar alguém que consiga escutar, alguém que consiga olhar mais além das aparências, dos desejos ou necessidades do outro que pede ajuda! E quando este outro consegue verbalizar (tão difícil meu Deus!!!), aquilo que lhe vai no coração, isso só acontece após duras caminhadas de silêncio, de conquistas e derrotas que se “travam” entre ambos os lados, “aquele que escuta e o que é escutado” nas tentativas de encontrar respostas e caminhos…!
Creio que um dos maiores obstáculos a essa abertura reside na forma como abordamos o diálogo, sobretudo por aquele que escuta! Quantas vezes, acaba por ser ele a “priorizar” «dar prioridade a»; ou a objectivar caminhos e necessidades que apenas residem na sua cabeça e coração, tantas vezes tão longínquas do coração que lhe bateu à porta a pedir ajuda…! Atrever-me-ia mesmo a dizer que muitos os que são procurados acabam por precisar tanto de ajuda como aqueles que tiveram a coragem, ousaram abrir-lhes o seu coração…!
Precisamos urgentemente de gente que saiba OLHAR, de ESCUTAR
Hoje, mais do que nunca, o OUTRO precisa que lhe olhem nos olhos, sem barreiras, no Todo, através de um olhar impermeável aos juízos do TER e do SER que vestem e sustentam as inúmeras máscaras do homem, máscaras que teimam em esconder tantos rostos, acabando tantas vezes, no paradoxo, por esconder a própria beleza que neles se esconde! De gente que saiba Escutar sem ceder à tentação de falar, quebrando o silêncio que grita como náufrago que dá à costa dos nossos corações em busca de terra firme, esse nosso coração que também foi um dia transformado pelo perdão e o amor do Pai que habita em nós, coração que jamais questiona, ou interroga, coração que aprendeu à muito a calar para que apenas as palavras do OUTRO ecoem no espaço que deseja em nós…!
Tendo olhos, não vedes? E, tendo ouvidos, não ouvis? Marcos 8,18

4 comentários:

Lua dos Açores disse...

Sim, como é difícil escutar sem dizer: também estou a precisar de ser escutado...

Beijinho, Andarilho do Pai e dos nossos corações

andarilho disse...

Para a próx escrevo no forum, desculpem... beijinhos Ana..
abraços a todos...

Maria - Portugal disse...

"silêncios que gritam como náufragos"...mas que continuam silêncios difíceis de tocar ,por desabarem em torrentes de magoas reprimidas,de ferimentos não admitidos... haver quem escute,sim mas não haver quem se amortalhe em silêncios asfixiantes apesar da ânsia de serem ouvidos...

Rui Melgão disse...

"Hoje, mais do que nunca, o OUTRO precisa que lhe olhem nos olhos, sem barreiras, no Todo, através de um olhar impermeável aos juízos do TER e do SER que vestem e sustentam as inúmeras máscaras do homem, máscaras que teimam em esconder tantos rostos, acabando tantas vezes, no paradoxo, por esconder a própria beleza que neles se esconde!"

Esta tua bela partilha fez-me lembrar uma passagem, deviamos contemplar mais os gestos e atitudes de Jesus, aprender com eles...

"E, TENDO Jesus entrado em Jericó, ia passando.
E eis que havia ali um homem chamado Zaqueu; e era este um chefe dos publicanos, e era rico.
E procurava ver quem era Jesus, e não podia, por causa da multidão, pois era de pequena estatura.
E, correndo adiante, subiu a um sicômoro para o ver; porque havia de passar por ali.
E quando Jesus chegou àquele lugar, olhando para cima, viu-o e disse-lhe: Zaqueu, desce depressa, porque hoje me convém pousar em tua casa.
E, apressando-se, desceu, e recebeu-o alegremente.
E, vendo todos isto, murmuravam, dizendo que entrara para ser hóspede de um homem pecador.
E, levantando-se Zaqueu, disse ao Senhor: Senhor, eis que eu dou aos pobres metade dos meus bens; e, se nalguma coisa tenho defraudado alguém, o restituo quadruplicado.
E disse-lhe Jesus: Hoje veio a salvação a esta casa, pois também este é filho de Abraão"
Lucas 19, 1-9